Vidro Azul ("Blue Glass")


Vidro Azul ("Blue Glass"): its broadcastings began in RUC-Radio University of Coimbra, later extending to Radio Radar, and now on Radio SBSR. In its two-hour duration, this author’s project explores melancholic sonorities also experimenting, boundarylessly, with beautiful ethereal landscapes. Through several genres ranging from folk, glitch, indietronica, neoclassical, ambient, jazz, indie pop, minimal among others, themes are blended in an intentional attempt to create a coherent harmony.


quinta-feira, novembro 20


Lá estarei, Ana.

Ode da rapariga no quarto

aqueles corações honestos corta-se pelo frio
não têm o beneplácito do sol nem a solução
da ferocidade da lua e moram em corpos tristíssimos
peões incapazes de saltarem para o cavalo
que os levasse à torre. moram em mentes
de artistas da rua da amargura
em filhos únicos que morrerão sem descendência
em poetas que não têm Shelley como advogado
e que a idade começa a pesar no de outrora ouro esbanjado.

a honestidade da impenetrável neve
a descer num balão de ar frio sobre o quatro de rapariga
com a decoração da adolescência
o urso em cima do guarda-roupa
a secretária com os dicionários
aquele lugar que a torna inabitante
incapaz de adequar um corpo que cresceu com formas
e sem forma de ser de novo expelido.
a beleza do cheiro que há nas flores
que há no recôndito calor do corpo às sombras consigo
a acumular o pó que seria só dos móveis
aquele corpo deitado como se pousasse para Matisse
num fim de tarde e meticulosamente
retirasse o coração e o pusesse na cabeceira
alegando o descanso cinco minutos só
que a acordasse no fim do quadro
ou no fim da vida cinco minutos só
de absoluta nudez.

4 comentários:

Ines Saraiva disse...

isto dava um belíssimo livro de cabeceira... :)
ana: queres gravar os teus rabiscos para uma emissão na ruc?

bisou *ines saraiva

RC disse...

já terão um ouvinte.

eu apoio essa iniciativa

Francisco disse...

Foi adiado o lançamento ... E o livro ? Eu quero o livro !!!

ana salomé disse...

obrigada, inês. bem, isso seria assim uma honra, puff, sem tamanho. depois mando mail com calma.* rc, obrigada mesmo. francisco, o seu está guardadíssimo para uma boa ocasião, talvez quando o ricardo e os amigos voltarem a pôr o tagv a tocar coisas lindas.

ricardo, desculpa usar a tua caixa de comentários.. eh eh*

beijinhos a todos (splin)